Como Não Ser Tributado em Suas Importações

0 Flares 0 Flares ×

 

Tributacao importacao

Algo que muitos leitores aqui do blog me pedem e eu já venho percebendo a algum tempo é a necessidade de algumas dicas e informações para fugir das altas margens de tributação nas importações aqui do Brasil.

Por isso, hoje vou trazer neste artigo alguns pontos importantes para quem deseja importar e diminuir drasticamente as chances de ser tributado.

Veja também alguns artigos que poderão lhe ajudar no aprendizado sobre importação:

• Redirecionadores de Encomendas: O que são e para que servem
• Correios: Entenda como funciona a fiscalização das importações em Curitiba
• Como Pedir Revisão de Imposto de Importação nos Correios?

Compartilhe em suas redes sociais e ajuda a nossa comunidade a crescer!

Facebook (Como Não Ser Tributado em Suas Importações);
Twitter (Como Não Ser Tributado em Suas Importações);

Como Não Ser Tributado em Suas Importações

O maior dos problemas para quem deseja começar a importar como pessoa física em pequena escala acaba sendo a questão das tributações abusivas, pois de resto, é muito vantajoso trazer produtos de fora do Brasil. E depois de muitos anos importando eu consegui ter uma boa base do que realmente funciona na hora de diminuir as chances de tributação e o que não funciona.

Aqui abaixo eu vou listar algumas dicas que podem te ajudar muito e fazer com que você baixe drasticamente as chances de tributação em suas importações, veja:

• Evitar Pacotes Muito Grandes;

• Utilizar Redirecionadores que Enviam como pessoa física;

• Utilizar Fretes Baratos;

• Receber encomendas como Gifts (presentes) do redirecionador;

• Evitar logo tipos das lojas nas caixas de suas encomendas;

• Ajustar a declaração aduaneira com valores menores na hora de enviar o pacote do seu redirecionador (sem exageiros);

• Comprar em épocas de alto volume de importações (natal, dia das mães, etc…), pois assim tem menos fiscalização;

Dicas na Prática para Não Ter Suas Importações Tributadas

importacao

1. Procure trazer suas encomendas em pacotes pequenos, de forma a fragmentar suas importações. Porém, veja se é vantajoso fragmentar muitos os seus envios ou não, pois em alguns casos acaba não compensando pelo fato de o frete ficar mais caro do que a própria tributação. Então saiba avaliar.

2. Utilize redirecionadores que enviam os produtos como pessoa física, pois como já é sabido, importação pessoa jurídica para pessoa física a tributação é certa. Enquanto que a importação de pessoa física para pessoa física o risco é muito menor.

3. Quanto menor o valor do frete, menor a chance de sofrer tributação. Se você escolher empresas de courier como DHL,Fedex ,UPS ou TNT a taxação é certa em 100 % dos casos, devido a legislação brasileira essas empresas devem recolher os impostos antecipadamente, e seus envios são sempre tributados, mesmo Gifts abaixo de 50 dólares enviados por pessoas físicas.

4. Dê preferencia a produtos que tem valor menor do que 50 dólares, pois automaticamente você não sofrerá tributação.

5. Evite as caixas com logo marcas como Ralph Lauren, Hollister, Abercrombie, etc… Pois são como sinalizadores e chamam atenção na alfândega, fazendo com que aconteça a tributação. Utilizando um bom redirecionador você conseguirá evitar isso, pois poderá trocar a caixa por uma sem logo alguma.

5. Procure importar em grande quantidade quando forem épocas de muitas importações, pois a fiscalização acaba sendo bem menor na chegada dos produtos aqui no Brasil.

Dicas do que não fazer na hora de importar e acabar sendo tributado

importacao tributacao

1. Não faça bobagens, como por exemplo: pedir ao vendedor que envie 6 objetos e declarar 2, Isso por si só já caracteriza descaminho e só vai te trazer dor de cabeça.

2. Não ficar dependendo da sorte, pois algumas vezes você acabara sendo tributado mesmo seguindo todos os passos aqui.

3. Não deixar em branco se for tributado. Pois em muitos casos a sua encomenda acaba sendo tributada injustamente, então o ideal é recorrer. Para saber como, veja este artigo que preparei (Como recorrer a tributação injusta). 

Conclusão

Estas dicas que foram listadas aqui poderão lhe ajudar em muito a diminuir as chances de tributação, mas não serão em 100% dos casos regras exatas. Então, sempre que for importar, faça a sua parte para diminuir ao máximos as chances e também procure não se abalar se acabar acontecendo de ser tributado. Isso ocorre com todo mundo que importa com frequência, e deve ser tratado como algo normal.

Caso você queira se aprofundar mais no assunto, veja este guia passo a passo que preparei (Clique Aqui!)

Fontes:
https://www.correios.com.br/para-voce/correios-de-a-a-z/importacoes-de-ate-us-500-00
http://escolaimportar.com.br/como-calcular-as-taxas-de-importacao/
http://www.tecmundo.com.br/comercio-eletronico/8776-como-funciona-o-imposto-em-compras-internacionais-no-brasil-.html
https://compranoexterior.com.br/como-evitar-ser-taxado/

Como Não Ser Tributado em Suas Importações
4.33 (86.67%) 3 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>